Pilates Aéreo – A sensação do momento

Roubadinhas-11b

Muitos de vocês ja devem ter escutado sobre a atividade física chamada Pilates. Pilates é um treino físico que foi criado no final do século XX pelo alemão Joseph Pilates. Um treino de Pilates tem o objetivo de focar nos músculos posturais do tronco, sendo assim, ajudará o corpo a manter o equilíbrio. Outro ponto importante sobre o Pilates é a melhora da consciência da nossa respiração e o fortalecimento de todos os grupos musculares com foco na coluna, ajudando a prevenir e diminuir as dores de costas.

Hoje em dia existem várias modalidades de Pilates, como Pilates na bola, no solo, nos aparelhos… Mas a grande sensação do momento agora é o Pilates Aéreo, que está chegando aos poucos no Brasil, mas já está sendo sucesso garantido nas clinicas de fisioterapia e estúdios de Pilates.

Por isso hoje vou entrevistar minha amiga fisioterapeuta Dra. Fernanda Natulini Costa e ela vai falar mais um pouco sobre essa modalidade:

 

  • Qual é a maior diferença entre o Pilates Aéreo para as outras modalidades de Pilates?
    O Pilates aéreo foi desenvolvido pela espanhola Vanessa Romo. Essa nova modalidade surgiu da união de exercícios clássicos de Pilates e da Yoga. O Pilates aéreo segue os mesmos princípios do Pilates clássico porém, os exercícios são realizados em tecidos suspensos chamados de Columpio (palavra espanhola que significa balanço). Desta forma usamos o próprio peso como resistência nos exercícios além de potencializar o uso constante do equilíbrio corporal.
  • Várias pessoas acham que o Pilates Aéreo tem o mesmo efeito que as aulas de circo ou de tecido. É verdade? Ou tem algum benefício a mais que as outras aulas não proporcionam? 
    Os benefícios são diferentes já que utilizamos os mesmos exercícios tradicionais do Pilates. Embora façamos uso de tecidos suspensos e alguns exercícios são realizados invertidos (de cabeça para baixo), e muitas vezes de uma forma “acrobática”, esta atividade tem uma finalidade terapêutica, diferentemente das aulas de performance circenses.
    Os benefícios oferecidos por essa técnica são: o aumento da resistência física; alinhamento e consciência corporais; melhora do equilíbrio; aumento da capacidade de concentração; alívio e prevenção de dores; descompressão da coluna vertebral e outras articulações; diminuição do estresse e melhora nos quadros de insônia; melhora da circulação sanguínea e linfática; ganho de força e flexibilidade.
  • Quem pode e quem não pode fazer essa modalidade? Quais são as indicações e as contraindicações?
    Todos podem praticar, desde criança a idosos, claro que sempre respeitando os limites de cada um. Não existe contraindicação em relação à idade, mas as posturas invertidas devem ser evitadas em pessoas com problemas cardíacos ou de pressão; descolamento de retina; crises de labirintite e gestantes.
  • Quem nunca experimentou nenhuma aula de Pilates antes, pode começar diretamente na modalidade Aéreo? Sim. Um iniciante não encontrará dificuldade em realizar o Pilates aéreo desde que seja bem acompanhado e orientado pelo seu instrutor.
  •  

Com o Pilates aéreo você já nota diferença em sua musculatura desde o primeiro dia de aula! E como a Dra. Fernanda citou acima, realizando os exercícios de forma correta, você conseguirá um efeito de eliminação de líquidos e a melhora da circulação sanguínea, resultando numa perda de volume significativa.

Não fique fora dessa, faça uma aula experimental e tenho certeza que sairá já notando diferença em seu corpo.

Copyright © 2017 Espaço Amélia Reis - São Luís MA. Todos os Direitos Reservados.Produzido por ON SERVICES